13 de abril de 2012

Sentir, mas não conseguir definir.
Sonhar, mas não conseguir alcançar.
Perder, mas não conseguir esquecer.
Mesmo assim, eu não desisto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário