7 de maio de 2014

“Eu olhei a tristeza nos olhos e sorri.”...

“Eu olhei a tristeza nos olhos e sorri.” Dizia a canção. E é disso o que precisamos, sorrir em meios as dores. Precisamos aprender a não recuar quando toparmos de frente com a tristeza. E se por obra do destino isso acontecer, ao invés de darmos um passo para trás, daremos dois para frente. Precisamos ter fé e acreditar que embora a tristeza seja grande, os motivos para sorrirmos são maiores ainda. E se por acaso acordarmos pela manhã com a tristeza batendo em nossa porta, a olharemos nos olhos e sem medo diremos: aqui você não é bem-vinda.”
— Laureane Antunes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário