22 de junho de 2012

Precisava de um abraço. Daqueles bem apertados que você fica lá, só sentindo o cheiro da pessoa e não diz nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário