22 de outubro de 2012

Beijos, abraços, surpresas, gestos de carinhos… São coisas que fazem você se apaixonar mais e mais por uma pessoa. Amor, eu particularmente defino como: sentimento complicado e ao mesmo tempo prazeroso. É onde conhecemos e aprendemos com outra pessoa; É onde encontramos a felicidade quando menos procuramos; É onde choramos, quando mais precisamos sorrir. Definitivamente, o amor é complicado, mas não é indomável. Por isso, eu acredito que nenhum amor é perfeito! Aprendemos cada vez mais com ele, e não devemos julga-lo quando ele estiver errado. Pois quem erra hoje, amanhã alcançará a vitória!

Nenhum comentário:

Postar um comentário