3 de março de 2015

#Resenha: Os Dez Mandamentos - Loron Wade

 Dez Mandamentos:
 Princípios divinos para melhorar seus relacionamentos -
Loron Wade

Já na contracapa do livro, o autor diz que a ciência e a tecnologia evoluíram muito. Isso é excelente, já que ambas favorecem a melhoria da vida das pessoas em diversos aspectos, através da compreensão d

o Universo e de tudo que nele há. Apesar disso, muitos dos problemas mais importantes do mundo continuam não somente sem solução, mas também estão se tornando cada vez piores. Isso acontece porque esses problemas são de origem moral, e não científica ou tecnológica. Um exemplo muito claro disso - e que se encontra no livro - é a fome. Falta comida no mundo? Não. As tecnologias agrícola e da indústria alimentícia evoluíram de tal maneira que é possível plantar, cultivar e produzir alimentos em escala suficiente para alimentar todas as pessoas do mundo. Mas todas as pessoas do mundo se alimentam bem? Infelizmente, a resposta outra vez é não. E isso não se restringe à África, como muitos costumam acreditar: eu mesma já vi, mais de uma vez aqui na cidade onde moro, pessoas revirando as lixeiras das ruas à procura de algum resto de comida para matarem a fome. Tenho certeza que você também já se deparou com alguma situação parecida, nem que tenha sido somente pela televisão. E tudo isso me faz lembrar o problema do desperdício, outro de natureza moral. Enfim, são vários os exemplos que eu poderia mencionar aqui, mas o que quis demonstrar através dessa exemplificação é que eu não poderia concordar mais com a afirmação do autor.

Muitos dos valores morais estão sendo distorcidos e invertidos atualmente. As pessoas cultuam, louvam e defendem com unhas e dentes tudo aquilo que é errado, tudo aquilo que faz mal (inclusive para elas próprias, como as drogas e o álcool, por exemplo). Esses pensamentos e atitudes fazem do mundo um lugar cada vez mais violento e ruim. Todas as pessoas, em diferentes momentos da vida, cometem esses erros - inclusive eu, que seria hipócrita se dissesse que nunca cometi nenhum -, pois somos seres humanos, passíveis de erro. Mas insistir e permanecer nos mesmos erros cegamente, é opcional.


Os Dez Mandamentos, ensinados por Deus, não devem ser entendidos, no entanto, como regras somente, a serem seguidas para que não sejam cometidos erros. Eles são, antes de qualquer coisa, um auxílio que Deus nos deu para que saibamos o que fazer para vivermos uma vida de coisas boas, e para que fiquemos longe de tudo aquilo que pode nos fazer mal, pois Ele nos ama e quer nos proteger. Mais do que com a mente, os Dez Mandamentos devem ser seguidos com o coração e com sinceridade de sentimentos, pois só assim estaremos agindo com fé e sabedoria verdadeiras.

Os Dez Mandamentos são claros e objetivos, mas significam ainda mais do que as palavras que estão escritas. Assim, esse livro nos ensina, com uma linguagem simples e exemplos muito claros, o que significam os Mandamentos, um por um, para que aprendamos a viver uma vida tranquila e feliz, acabando com todo o mal do mundo e seus problemas, que é forma que Deus quer para todos nós!

Espero que tenham gostado, fiquem com Deus, um beijão e tchau, tchau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário