16 de janeiro de 2018

Venha como Estiver

"Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. 
Ele veio a Jesus, à noite..."
João 3:1-2.

Nicodemos chegou no meio da noite. O centurião apareceu no meio do dia. O leproso e a mulher pecadora surgiram no meio da multidão. Zaqueu surgiu em uma árvore. Mateus preparou uma festa para o Mestre.
O instruído. O poderoso. O rejeitado. O doente. O solitário. O rico. Quem já havia reunido uma multidão como essa? Tudo o que tinham em comum era o peito vazio de esperança, deixado assim havia muito tempo por charlatões e aproveitadores. Embora não tivessem chance, um recomeço, uma consciência limpa. E, sem exceção, seus pedidos foram atendidos.
Não importa de onde você vem e em que condições se encontra. Venha como estiver. Por que você acha que Jesus o trataria de modo diferente do que tratou esses outros homens e mulheres? A mesma graça que estendeu a eles está à dua disposição.



"Senhor, por causa dos pecados que pratiquei e doa deslizes que cometi, sinto-me, por vezes, indigno de chegar a ti. Sei que recebes a todos do jeito que estão e que não preciso ser perfeito para me prostrar aos teus pés. Tira de mim toda timidez nesse sentido, para que eu tenha uma comunhão plena contigo. Amém."

Texto retirado do livro:Bom Dia! Leituras diárias com Max Lucado, Volume 2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário